A transformação digital no Financeiro é obrigatória – e urgente!

Se o fechamento de final de mês estiver “quebrado”, não conserte!
3 de abril de 2019
Robotic Process Automation RPA
RPA pode aumentar a força de trabalho humana
8 de maio de 2019

A transformação digital no Financeiro é obrigatória – e urgente!

Transformação Digital no Financeiro

Transformação Digital no Financeiro

Se você tem alguma dúvida sobre a importância da transformação digital no financeiro, basta observar o setor. Inovações como blockchain; novos meios de pagamento; as criptomoedas; as ICOs; as diversas formas de captação de investimento, o crowdfunding e plataformas que reúnem empresas e investidores; e os novos modelos de negócio das Fintechs indicam que algo está ocorrendo.

As ferramentas de transformação digital para o financeiro

(Conheça as soluções da eResult)

As novas ferramentas que surgiram com a evolução tecnológica atual podem melhorar a tomada de decisões, o planejamento, o controle e a governança, ao mesmo tempo em que reduzem os custos e aumentam os retornos dos investimentos. Em outras palavras, elas são tão efetivas para o financeiro quanto são em outras áreas em que costumam ser incorporadas mais rapidamente.

Os mecanismos de visualização

O design ganhou uma importância significativa no processo de transformação. Esse é um setor que tem facilidade de incorporar inovações devido à sua natureza criativa e que, ao passar a ser mais valorizado, despontou naturalmente.

Por isso, o financeiro pode e deve contar com sistemas que apresentam dados em um formato mais intuitivo e amigável. Incorporar as ferramentas de geração e apresentação de relatórios gráficos é fundamental, principalmente considerando a vocação do setor para fornecer dados e informações para tomada de decisão.

Ferramentas de previsão dinâmica

Prever cenários e resultados em um ambiente no qual o Big Data cresce exponencialmente não é uma tarefa simples. O Big Data e a análise avançada usam grandes conjuntos de dados para orientar a previsão e os insights e melhorar a visibilidade das operações e do desempenho de uma organização.

Para obter o melhor resultado nessa função clássica do financeiro é preciso se municiar com as ferramentas certas. Elas melhoram a frequência e a precisão das previsões, ao mesmo tempo em que reduzem inconsistências e ajudam a coletar, tratar e apresentar dados.

RPA (Robotic Process Automation)

Segundo o Institute for Robotic Process Automation (IRPA), o RPA é “a aplicação de tecnologia que permite aos funcionários de uma empresa configurar software de computador (um robô), para capturar e interpretar aplicativos para processar uma transação, manipulando dados, desencadeando respostas e se comunicando com outros sistemas digitais”.

Esse recurso automatiza atividades baseadas em regras usando uma ferramenta de software que captura e interage com as interfaces de usuário e dados de aplicativos existentes como uma força de trabalho virtual, reduzindo custos e minimizando erros.

Ele tem a grande vantagem de ser capaz de automatizar processos em sistemas legados. Para executar essa tarefa, ele extrai dados automaticamente e os usa para executar as tarefas para as quais foi programado, como iniciar aplicativos, fazer cálculos, incluir dados em formulários e integrar outras ferramentas.

Inteligência artificial

O aprendizado de máquina e a Inteligência Artificial (IA) implementam algoritmos avançados que podem ser treinados automaticamente com dados corporativos, removendo fatores humanos no circuito de análise, revelando valor em áreas como detecção de fraudes e execução de tarefas de proteção.

É importante considerar que, no caso do financeiro, a segurança de dados precisará passar a se proteger de ataques efetuados por essas tecnologias. Esses mesmos algoritmos podem ser usados com fins nocivos e a única forma de se proteger de forma eficiente é se municiando com as mesmas armas.

Além disso, o uso combinado da inteligência artificial e humana é uma tendência que, independentemente da nossa aceitação, é inevitável para os próximos anos. Ela vai permitir análises preditivas mais precisas e mais abrangentes dos cenários futuros, incluindo uma quantidade de variáveis e uma rapidez de processamento, capazes de antecipar situações de risco de uma forma que ainda não vimos ocorrer.

Por tudo isso, a transformação digital no financeiro é um caminho sem volta e um desafio que vai revelar os profissionais que se manterão ativos na área. Se for justificável algum receio de que as novas tecnologias eliminarão vários postos de trabalho, também é plausível assumir que é a capacidade de se adaptar e não de resistir que pode manter os gestores nas suas profissões.

Nesse contexto, a informação sobre as mudanças é a melhor arma de que dispomos!

Fonte: Transformação Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *